São Paulo

Pedra do Baú: equipamentos para via ferrata

Pedra do Baú: equipamentos para via ferrata

Para ir para a Pedra do Bau, os itens básicos e necessários são: capacete, mosquetões e a cadeirinha, pois boa parte do caminho é pela Via Ferrata.

Não sabe o que é via ferrata? bem, vira a foto e veja como que é…

E bem, esse é só o início (que eu tirei foto sem os equipamentos) mas depois, claro, fiquei preparada e segura para seguir.

Tem umas partes que fica bem bem bem íngreme, 90°e até com a inclinação mais de 90°. Juro!

E para isso é importante que, quem não conhece muito bem, vá com guia (eu fui, mas não é obrigatório), com os equipamentos e, também, MUITA CORAGEM.

Tem vontade de ir?
Eu achei a experiência incrível!

Essa foi a primeira vez que fiz qualquer coisa parecida. Já fiz muitas trilhas em matas fechadas, abertas, em diversos ecossistemas, montanhas, desertos, tudo.
Mas subir um pico por via ferrata, eu nunca havia feito.

E, sabe, estava com certo receio, primeiro porque não sabia o que estava pela frente em termos de subida e também porque não sabia usar o equipamento (que depois que aprendi também, vi que é simples).
Por isso, optei por fazer a subida com um guia. O guia, além de fornecer o equipamento, prende todo mundo numa corda e então, para quem estava com medo, é várias vezes mais seguro. Percebi que em alguns pontos a inclinação é negativa!!!!!!! Por isso, valeu a pena. Aquela suadeira das mãos eu evitei!

A Pedra do Baú é um monolito de quase 350 metros de altura. A trilha tem em sua extensão 3,5km e depois é finalizada com mais de 600 degraus de ferro (que é ai que usamos esse equipamento).

Curiosidade: Existem cerca de mil destas vias ferratas pelo mundo e sua maioria está na Itália. As primeiras Vias Ferratas foram construídas durante a Primeira Guerra Mundial para facilitar o acesso dos soldados até os picos da região montanhosa de Dolomite na Itália e eram usados como postos de observações e para facilitar os movimentos das tropas.

Atualmente essas vias são usadas para fins mais pacíficos e esportivos. A Via Ferrata da Pedra do Baú foi construída durante os anos 40 e patrocínada por Luís D. Villares, empresário das Undústrias Villares de elevadores.

Lá de cima, temos uma visão panorámica e fantástica de toda região, à 1950 metros de altitude. Aventura imperdível.